pg-nmgaAtualização
Compartilhe

Embratur qualifica pequenas empresas de turismo do sul da Bahia

Evento é realizado em parceria com o Sebrae e tem como objetivo visitar os 27 estados brasileiros para orientar os parceiros regionais, como atrair o turista internacional
PorRedação
pg-nmgaAtualização
Compartilhe

Orientações para tornar os serviços turísticos brasileiros prontos para atender ao mercado internacional. Esse foi o programa do primeiro Workshop Conexão Embratur, realizado na terça-feira (4), em Trancoso (BA). O encontro, fruto de uma parceria com o Sebrae Nacional, contou com a presença de cerca de 60 empresários, lideranças, hoteleiros e representantes de associações dotrade turístico de cidades baianas, como Porto Seguro e distritos, incluindo Arraial d’Ajuda, Trancoso e Caraíva.

A ideia é que, ao longo do ano, o Conexão Embratur passe por todos os estados brasileiros. “Quase todo o trade turístico brasileiro é formado por micro, pequenas e médias empresas, e esse trabalho em parceria com o Sebrae é fundamental para garantir que esses serviços que atendem ao turista estrangeiro tenham acesso ao que há de mais eficiente em gestão, estratégia e sustentabilidade. A equipe ainda apresenta dados sobre os mercados estratégicos e as tendências mundiais, de forma que os nossos destinos estejam capacitados a oferecer serviços de excelência”, enfatiza o presidente da Agência, Marcelo Freixo.

“O Sebrae está ao lado dos pequenos negócios e usa toda sua expertise e capilaridade para ajudar a impulsionar o turismo no país. Sabemos que toda uma cadeia de pequenos negócios é beneficiada pelas atividades turísticas e, quando preparamos esses empreendedores, geramos mais renda, emprego e contribuímos para o combate da miséria do país”, ressalta o presidente do Sebrae, Décio Lima.

Em Trancoso, a oficina está sendo realizada pela coordenadora de Cultura e Gastronomia da Embratur, Ana Paula Jacques, que destaca que o workshop é um momento estratégico da Agência para dialogar com otrade. “Nosso objetivo durante o encontro é contribuir para que esses destinos se preparem e se tornem mais competitivos, atraindo assim mais turistas internacionais e mais divisas para o país”, explicou.

Na apresentação dessa terça, também foi mostrado ao trade a importância de valorizar a cultura local como fonte de turismo e renda – a equipe da Embratur demonstrou as maneiras de atrair os turistas por meio das propostas e da história da região. E um dos atrativos da região é a gastronomia. A empresária Barbara Alves Figueiredo explica que o empreendimento da família atrai os turistas oferecendo o sabor original da culinária baiana.

“O nosso restaurante leva a tradição da nossa família, onde prezamos pela gastronomia com insumos e produtos locais. Então, é isso que levamos para a mesa do cliente, uma verdadeira experiência gastronômica, e estamos expandindo para o serviços de eventos, seja casamentos ou corporativos”, disse Bárbara Figueiredo.

O próximo workshop Conexão Embratur, com parceria do Sebrae, será realizado no dia 17 de julho, em Belo Horizonte (MG).

  • Gastronomia
  • Qualificação
  • Turismo