pg-nmga
Compartilhe

“O fim da liderança tóxica nas organizações” é tema de livro inédito no Brasil

Obra tem como objetivo provocar um diálogo acerca da necessidade de mudança de mentalidade dos líderes frente aos desafios cada vez mais complexos
PorDa ASN Paraná
pg-nmga
Compartilhe

O Líderes em Movimento, evento realizado pelo de Polo de Liderança Sebrae, teve nesta segunda-feira, dia 29, o painel de lançamento do livro “O fim da liderança tóxica nas organizações”, leitura indispensável para mulheres e homens protagonistas da transformação.

O painel contou com a presença dos autores do livro, Rosangela Angonese e Ricardo Neves, para falar do conteúdo da publicação e do processo de desenvolvimento da obra através de uma dinâmica remota entre os dois autores, sendo Rosangela, coordenadora do Polo de Liderança, baseada em Curitiba, e Ricardo, consultor de estratégia, comunicação e marketing, que mora em Berlim, na Alemanha.

Publicado pela Editora Neo21, o livro é voltado para profissionais, homens ou mulheres, que têm o objetivo de serem protagonistas de transformação no ecossistema organizacional. Entre os elementos centrais dos argumentos apresentados no livro, os autores apontam os sinais de avanço em direção às mudanças culturais, onde a mentalidade centrada na hipermasculinidade tóxica cede lugar a uma nova mentalidade de liderança em que precem qualidades como cocriação, colaboração, flexibilidade, empatia e abertura para inovação e mudança.

De acordo com a autora e coordenadora nacional do Polo de Lideranças do Sebrae, Rosangela Angonese, a questão da liderança feminina, do quão desigual ainda é o mundo em relação à participação das mulheres na liderança e o que está impedindo isso, são reflexões provocadas na obra.

“Muitas vezes, a competência feminina não é percebida, pois guiamos as nossas decisões de acordo com o aprendizado cultural que tivemos em relação a isso. Quando pensamos em líder, vem a imagem de um homem, um perfil determinado. Precisamos nos desprender desses estereótipos para poder ter uma participação também de mulheres, de pessoas que podem representar outros modelos” explica Rosangela.

O lançamento do livro foi realizado durante a 3ª edição do Líderes em Movimento, em Foz do Iguaçu. Foto: Jean Pavão.

Para Ricardo Oliveira Neves, o livro visa a oferecer subsídio aos líderes que entendem que o momento atual, bem como o desenrolar futuro, é de progressivo aumento de complexidade e que não existe mais espaço para soluções do tipo mais-do-mesmo e, sobretudo, de manutenção da mentalidade de gestão baseada no modo comando e controle.

“É impossível manter o status quo. O modo que funcionou durante séculos foi o comando e controle, onde os colaboradores apenas devem seguir instruções recebidas e bater metas. Isso não funciona mais. É preciso inspirar e motivar as pessoas a serem proativas, a pensar fora da caixa”, ressalta Ricardo.

Segundo o autor, que também produziu o livro “Sensemaking: Liderança por propósito – comunicação estratégica para um mundo de complexidade exponencial”, lançado em 2021 em edições simultâneas em inglês, espanhol e português, é preciso promover uma mudança de mentalidade tanto do ponto de vista dos gestores quanto de seus colaboradores no que diz respeito à forma com que a liderança é entendida.

“Acabou o tempo da liderança em que manda quem pode, obedece quem tem juízo. O futuro pertence às organizações onde a liderança inspira, motiva e facilita a inovação e a mudança contínua”, conclui.

  • Liderança