pg-nmga
Compartilhe

Queijaria Pé do Morro conquista registro intermunicipal em Cabeceiras

Serviço de Inspeção Municipal consorciado possibilita a pequena empresa comercializar seus produtos para 26 municípios do Nordeste Goiano e do entorno do Distrito Federal
PorDa Redação
pg-nmga
Compartilhe

A sabedoria popular diz que “Sozinhos vamos mais rápido. Juntos vamos mais longe”. Em sintonia com esse ensinamento, o Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico e Ambiental do Nordeste Goiano (CISBAN-GO) acaba de chancelar o primeiro Serviço de Inspeção Municipal (SIM) consorciado do estado de Goiás. O empreendimento certificado é a Queijaria Pé do Morro, de Cabeceiras, município distante 340 km de Goiânia e 136 km de Brasília.

A chancela certifica que o processo de manipulação dos alimentos de origem animal foi realizado de forma adequada, resultando em um alimento seguro para o consumo humano. Também expande a área de comercialização dos produtos para os 26 municípios que integram o CISBAN-GO. “Trata-se de uma ação histórica e importantíssima para o Nordeste Goiano e para os pequenos negócios e produtos de origem animal da região”, ressalta o gerente da Regional Entorno do DF/Nordeste do Sebrae, Cléber Chagas.

Cleber destaca que a certificação só foi possível por conta de uma convergência de esforços, reunindo Sebrae, prefeituras, Câmaras de Vereadores, CISBAN-GO e empreendedores locais. “O Sebrae atuou desde o início do processo, inclusive com consultorias para implementação das leis municipais”, observa.

Na oportunidade, o Sebrae também promoveu o lançamento de três cartilhas orientativas para o produtor, o consumidor e as lideranças municipais interessadas no consórcio público.

O Sebrae também lançou três cartilhas orientativas para o produtor, o consumidor e para as lideranças municipais

Trabalho em parceria

Com o SIM, a Queijaria Pé do Morro poderá vender seus produtos para além dos 8 mil habitantes de Cabeceiras, alcançando cerca de 600 mil consumidores dos municípios abrangidos pelo consórcio, cumprindo todos os requisitos legais.

O selo também promove a dinamização da economia local, a ampliação de mercado para produtores (inclusive nas compras públicas) e a criação um ambiente favorável para a estruturação de novos encadeamentos produtivos, fortalecendo o desenvolvimento territorial.

O prefeito de Cabeceiras, Éverton Francisco, o Tuta, que também é vice-presidente da CISBAN-GO, comemorou o lançamento oficial do SIM. Ele destacou o trabalho realizado em parceria com Câmara Municipal, produtores locais, Sebrae e consórcio. “Recebemos prefeitos e líderes de todo o entorno aqui em Cabeceiras, onde colocamos em prática um projeto que há tempos sonhávamos”, destacou. De acordo com ele, o SIM permitirá aos produtores locais comercializarem seus produtos de forma regularizada, abrindo novas oportunidades no mercado.

“Com o selo, nossos produtores estarão à frente na competitividade. É um trabalho em conjunto, com nossa equipe administrativa dedicada a buscar alternativas para melhorar a vida dos cabeceirenses. Com a expansão junto ao CISBAN-GO, poderemos melhorar a vida das pessoas no Nordeste Goiano, aproveitando o potencial agrícola dessa região”, enfatizou.

Joaquim Cardoso, representante do Sindicato Rural do município, destacou que o SIM é uma conquista importante para a região. Segundo ele, o sistema traz a possibilidade de regulamentar as normas e garantir a segurança tanto para os produtores quanto para os consumidores. “A implementação do SIM permite que os produtores trabalhem dentro das normas municipais, estaduais e federais, garantindo a qualidade e a credibilidade dos produtos. Também abre as portas para a legalização da agropecuária de corte, visando evitar o abate clandestino e combater problemas como doenças para os consumidores, perdas econômicas para o município e o estado, além do roubo de gado”, disse.

João Orestes Soares de Oliveira, superintendente do CISBAN-GO, também ressaltou a importância da implantação do SIM. Ele destacou o trabalho em conjunto com o consórcio e o cadastro de um médico veterinário no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), possibilitando a assinatura oficial do sistema. “O SIM também servirá de exemplo para outros municípios da região, buscando cercar Brasília com produtos legalizados”, disse.

O proprietário da empresa que foi certificada com o SIM, Clarival de Miranda, conhecido como Clarival do Cartório, enfatizou a importância da conquista para os produtores de queijos. “É um motivo de orgulho para todos nós, e é uma importante transição da clandestinidade para a legalidade”, frisou. Segundo ele, o selo vai permitir agora a comercialização dos produtos com muito mais qualidade e segurança.

Também participaram do lançamento a prefeita de Buritinópolis e presidente do CISBAN-GO, Ana Paula Dourado, o prefeito de Flores de Goiás, Altran Avelar, representantes da Emater e da Agrodefesa Regional, o deputado estadual Alessandro Moreira, vice-prefeitos, secretários, vereadores e lideranças de outros municípios da região, além de empreendedores e produtores rurais.

O CISBAN-GO conta com um total de 26 municípios consorciados (Nordeste Goiano e Entorno do DF):

Água Fria de Goiás
Alto Paraíso de Goiás
Alvorada do Norte
Buritinópolis
Cabeceiras
Campos Belos
Campo Limpo de Goiás
Cavalcante
Colinas do Sul
Damianópolis
Divinópolis de Goiás
Flores de Goiás
Formosa
Guarani de Goiás
Iaciara
Mambaí
Monte Alegre de Goiás
Nova Roma
Planaltina de Goiás
Posse
São Domingos
São João d’Aliança
Simolândia
Sítio d’Abadia
Teresina de Goiás
Vila Boa

-

  • certificação
  • queijo