pg-nmgaAtualização
Compartilhe

Volta às aulas aquece mercado dos pequenos negócios neste início do ano

Procura por material escolar movimenta o comércio e impacta diversos nichos de empresas
PorRedação
pg-nmgaAtualização
Compartilhe

Os donos de pequenos negócios devem ficar atentos às oportunidades neste começo de ano. O período que antecede a volta às aulas movimenta o comércio e impacta diretamente o segmento da educação, mas também nichos de diferentes setores, como micro e pequenas empresas do ramo de livrarias, papelarias, malharias, calçados, vestuários e acessórios, bem como lojas de artigos esportivos e de informática.

Quem já empreende ou tem interesse em ser dono do próprio negócio precisa entender o cenário, conhecer o comportamento do consumidor e não se limitar em apenas aumentar as vendas. O momento também é favorável para abertura ou expansão dos negócios, criação de novos canais de atendimento e relacionamento com os clientes, fechamento de parcerias, entre outras possibilidades.

No caso da procura pelo material escolar, não há dúvida de que a expectativa dos pais e dos responsáveis é economizar. Para isso, eles gostam de “pechinchar”, fazer pesquisa de preços em lojas físicas e on-line para encontrar o melhor custo/benefício. Também é muito comum a procura por livros usados em boas condições de uso em lojas especializadas.

Em Brasília, o Sebinho é o maior estabelecimento de livros usados da capital federal, com 38 anos no mercado. A proprietária Cida Caldas conta que nesta época do ano o movimento no local começa a crescer devido à demanda da volta às aulas. Para se preparar, ela contrata mais funcionários para ajudar no atendimento que segue alto até fevereiro.

Cida Caldas, proprietária do Sebinho, em Brasília (DF). Crédito: Larissa Carvalho.

“Muitos pais já nos procuram quando os filhos entram de férias no final de novembro. Alguns querem vender os livros que não serão mais usados e outros já fazem pedidos e reservas de exemplares literários bem concorridos”, explica.

Com um acervo com mais 90 mil livros, o Sebinho é referência na capital federal e atende pedidos do Brasil inteiro. Segundo Cida, além de oferecer economia para o bolso dos apaixonados pela leitura, o local também oferece uma cafeteria e bistrô que agregam valor ao estabelecimento.

No Brasil, o preço de livros ainda é muito alto e esse período favorece nosso negócio. Temos um aumento significativo nas vendas que chegam a aumentar até 70%.

Cida Caldas, dona do Sebinho.

Confira abaixo cinco dicas para ter maior vantagem competitiva e aumentar seu faturamento no período:

  1. Avalie seu estoque: em qualquer segmento, as tendências ditam as regras. Todo ano são apresentadas novidades de artigos com temas de filmes, séries, desenhos, jogos de computador que influenciam o desejo de compra de crianças e adolescentes. São mochilas, lancheiras, garrafas térmicas, cadernos, entre outros itens que serão comercializados nas lojas. Por isso, é fundamental avaliar se o estoque atende às necessidades básicas dos consumidores, mas também se traz novas opções para quem pode gastar um pouquinho mais.
  2. Compras compartilhadas: as compras coletivas atraem muitos pais e responsáveis na volta às aulas. Oferecer descontos e promover promoções especiais para grupos de pais nas redes sociais pode gerar novos clientes e resultados melhores nas vendas.
  3.  Treine seus vendedores:um atendimento adequado pode gerar até 40% a mais na lucratividade nas vendas, além de gerar impacto positivo na reputação do seu negócio. Prepare seu time para atender à demanda, sensibilizando-os para a importância de auxiliar o cliente no encontro dos produtos do seu interesse, indicando opções favoritas, substitutos e marcas secundárias.
  4. Ofereça diferentes opções de pagamento: com a alta dos artigos escolares e os gastos do início do ano, os pais e responsáveis querem bom preço e facilidade de pagamento. É fundamental oferecer variedade de produtos e preços, bem como pagamento facilitado, com parcelamentos, inclusive com descontos para pagamento no PIX ou até mesmo opções decashback.
  5. Invista em kits escolares: preparar kits escolares é uma boa ideia para agradar diferentes perfis de clientes. Montar kits mais básicos ou mais elaborados, de acordo ao perfil da instituição de ensino, idade da criança ou adolescente, facilitará a compra, seja na rapidez em encontrar todos os produtos de uma única vez, como também em encontrar preços acessíveis.
  • brecho
  • cashback
  • livro usado
  • material escola
  • sebinho