pg-nmga
Compartilhe

Congresso destaca o papel das mulheres no desenvolvimento sustentável do agro brasileiro

Nos dias 25 e 26 de outubro, Sebrae participa das discussões sobre o protagonismo feminino na 8ª edição do Congresso Nacional de Mulheres no Agro
PorRedação
pg-nmga
Compartilhe

As empreendedoras vão marcar presença na 8ª edição do Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio (CNMA), nos dias 25 e 26 de outubro, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. A força da mulher empreendedora brasileira será destaque no estande do Sebrae no evento. Em espaço exclusivo, elas poderão gravar depoimentos, interagir e conhecer soluções voltadas para o empoderamento feminino no meio rural.

Além de patrocinar o CNMA, a instituição também participa das discussões sobre o protagonismo feminino no setor, em especial das pequenas produtoras rurais, que desempenham um papel fundamental no desenvolvimento sustentável do agro brasileiro.

A abertura oficial do evento vai contar com a presença da diretora de Administração e Finanças do Sebrae Nacional, Margarete Coelho. Ela vai dividir o palco da Arena Master com a presidente da Embrapa, Silvia Massruhá, e outros convidados, como o ex-ministro da Agricultura Roberto Rodrigues, que também é embaixador especial da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) para as Cooperativas.

Já no segundo dia (26), a coordenadora do Agronegócio do Sebrae Nacional, Newman Costa, será uma das convidadas do painel “Pesquisa Serasa Experian – Percepção do Agronegócio Brasileiro na Europa”, ao lado da diretora de Operações da Serasa Experian, Daniela Aveiro, do curador do CNMA e sócio-diretor da Biomarketing, José Luiz Tejon, e do head associate da OnStrategy, José Antônio da Silva.

Dados do Censo Agropecuário de 2017 apontam que 84% de todas as propriedades rurais do país são de pequenos agricultores. A gestão das propriedades rurais concentram 947 mil mulheres, correspondendo a 19% do total.
A coordenadora de Agronegócio do Sebrae Nacional, Newman Costa, destaca que o Sebrae tem atuado para estimular a participação feminina no setor por meio de programas que promovam e valorizem a atuação da mulher na gestão e na governança do agronegócio.

Segundo ela, o CNMA é importante para fortalecer o movimento crescente das mulheres como líderes de negócios e nas atividades no campo. “Será uma oportunidade para que elas se atualizem das últimas tendências, façam networking e, ainda, tenham acesso a conhecimentos que possam prepará-las para um futuro com mais práticas sustentáveis dentro do campo”, afirma.

Programação

Com mais de 3 mil inscritas, o 8º CNMA vai promover dois dias de atividades voltadas para o debate do tema “Dobrar o Agro de tamanho com sustentabilidade: a Marca Brasileira”. O palco principal (Arena Master) será espaço para discutir assuntos como sustentabilidade, inovação, liderança feminina, agronegócio mundial, saúde mental, gastronomia, entre outros.

Nas Arenas do Conhecimento, as participantes vão acompanhar discussões sobre inovação, tecnologia e empreendedorismo voltadas para a mulher do agronegócio, como também conhecer experiências e cases de sucesso, além de participar de bate-papos. No Hub Técnico, dedicado a conteúdos técnicos e científicos, será possível debater assuntos transversais relacionados à cadeia animal e vegetal.

Saiba mais e inscreva-se: https://www.imitiki.com.

  • Agricultura
  • Agronegócio
  • Empreendedorismo Feminino