pg-nmga – pg-nmgahttps://www.bkindex.comAcesse conteúdos jornalísticos, nos mais variados formatos, focados na informação como aliada das micro e pequenas empresasTue, 20 Feb 2024 23:40:52 +0000pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=6.2.4pg-nmga – pg-nmgahttps://www.bkindex.com/cultura-empreendedora/sebrae-e-ministerio-das-mulheres-firmam-parceria-para-ampliar-empreendedorismo-feminino/Tue, 20 Feb 2024 23:40:52 +0000https://www.bkindex.com/?p=20392Em reunião nesta terça (20), a Ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, e o presidente do Sebrae, Décio Lima, definiram que as políticas públicas pela igualdade e pelo enfrentamento da misoginia terão como aliados os programas Cidade Empreendedora e o Plural, nova iniciativa do Sebrae que tem como objetivo transformar o empreendedorismo em um mecanismo de transformação social e ampliar os negócios liderados por pessoas consideradas minorias na sociedade.

Segundo a ministra, o maior desafio hoje para executar as ações de políticas públicas para as mulheres está no alcance do público-alvo, “hoje temos menos de 300 instituições destinadas a efetivar as medidas do governo federal direcionadas a este público. Precisamos do apoio do Sebrae no processo de disseminação das ações do Ministério para que tenhamos a participação dos municípios brasileiros”, afirmou Cida Gonçalves.

O Programa Cidade Empreendedora chega hoje a 3 mil municípios. Para o presidente Décio Lima, o Sebrae será estratégico para disseminar os projetos e ações do Ministério. “Estamos falando em igualdades de oportunidades, diversidade e inclusão. O Sebrae, como sexta marca mais forte do país, precisa atuar junto aos grandes desafios que o Brasil enfrenta. Avançar no enfrentamento da misoginia é um tema que necessita do compromisso da nossa instituição”, afirmou.

A ministra Cida Gonçalves lembrou ainda que no âmbito das políticas públicas, pelo menos dois eixos precisam ser atacados. O primeiro deles diz respeito à efetivação de medidas que permitam a inclusão das mulheres, que hoje se encontram na vulnerabilidade e o segundo está associado à igualdade salarial. “O empreendedorismo já vem sendo um forte aliado para muitas mulheres que recebem o bolsa família e que trabalham vendendo bolos ou marmitas para ampliar a renda”, lembrou.

A coordenadora do Sebrae Delas, Renata Malheiros, presente à reunião explicou que o programa do Sebrae chega a atender 100 mil mulheres por ano e que as ações vão além das capacitações, pois levam autoconfiança e orientações de como lidar com preconceitos. “O Sebrae Delas entende que a liberdade feminina pode ser alcançada por meio da autonomia financeira”, afirmou Malheiros.

O presidente Décio Lima destacou que o Sebrae terá o mês de março dedicado ao empreendedorismo feminino com um calendário repleto de atividades. Entre as atividades previstas estão uma campanha publicitária na temática do empreendedorismo feminino; o lançamento do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, que ano passado contou com 4 mil inscrições; uma cartilha sobre violência contra a mulher e o lançamento do Mulheres em Foco, curso desenvolvido pelo Sebrae, direcionado às mulheres que empreendem ou planejam empreender.

]]>
pg-nmga – pg-nmgahttps://www.bkindex.com/economia-e-politica/pequenas-e-medias-empresas-cresceram-o-dobro-do-pib-de-2023-mostra-indice/Tue, 20 Feb 2024 22:49:26 +0000https://www.bkindex.com/?p=20382Os pequenos e médios negócios demonstraram mais um sinal de avanço e de destaque no cenário econômico no ano de 2023. Isto porque o Índice Omie de Desempenho Econômico das Pequenas e Médias Empresas (IODE-PMEs) mostrou que o crescimento do setor foi mais do que o dobro do Produto Interno Bruto (PIB). Enquanto o crescimento do país foi de aproximadamente 2,9%, as pequenas e médias empresas cresceram cerca de 7% no último ano – o índice considera a movimentação financeira real dos negócios (descontada a inflação).

Cliqueaqui e confira a declaração do presidente do Sebrae Décio Lima.

Este é um resultado do desempenho econômico do governo Lula e do Geraldo Alckmin. Estamos com a inflação controlada e com a menor taxa de desemprego desde 2014. Os pequenos negócios já são responsáveis por 30% do PIB e geraram oito em cada dez postos de trabalho em 2023, então, mais uma vez demonstram o seu potencial e a sua capacidade de contribuir ainda mais na economia do nosso país. São os que fazem a distribuição de renda no país.

Décio Lima, presidente do Sebrae Nacional.

O maior avanço foi registrado na pequena e média indústria, com um crescimento de faturamento da ordem de 17%. O setor de serviços também apresentou resultados positivos e fechou o ano com um avanço de 4,4% em comparação a 2022. Já o comércio teve uma retração de 3,6% em comparação ao ano anterior, e o segmento de Infraestrutura teve queda de 2,0%. O IODE-PME funciona como um termômetro econômico das empresas com faturamento até R$ 50 milhões por ano. No total, são monitoradas 678 atividades econômicas dos quatro grandes setores.

A pesquisa sugere ainda que as empresas foram positivamente impactadas pela recuperação da renda das famílias, reflexo da geração de vagas no mercado de trabalho. Além disso, a ampliação do Bolsa Família, a valorização do salário-mínimo e a queda da inflação (4,62%) também contribuíram para o resultado.

Projeção

Para 2024, os responsáveis pelo índice apontam para um crescimento dos pequenos e médios negócios de 3,1%, puxado pela redução da taxa básica de juros (Selic) que vem sendo realizada, o que deve favorecer o consumo das famílias e afetar o setor de serviços e de alguns segmentos da indústria.

]]>
pg-nmga – pg-nmgahttps://www.bkindex.com/economia-e-politica/mato-grosso-trabalha-para-ser-reconhecido-como-referencia-em-turismo-ambiental/Tue, 20 Feb 2024 21:21:40 +0000https://www.bkindex.com/?p=20379A parceria do Sebrae e do Mato Grosso (MT) foi discutida como um caminho possível para o desenvolvimento do turismo ambiental e empresarial no estado. Com belezas naturais que concentram atrativos dos três biomas brasileiros – Cerrado, Pantanal e Amazônia –, o governo estadual vem realizando uma série de obras de infraestrutura para permitir ao estado explorar a sua vocação turística. “Nossa preocupação é garantir retorno à população, sempre com foco em resultados, por isso o Sebrae é importante”, afirmou o governador do MT, Mauro Mendes.

O presidente do Sebrae, Décio Lima, destacou que hoje o estado é referência no tema da sustentabilidade, abrigando o Centro Sebrae de Sustentabilidade, responsável por estudos e levantamentos sobre práticas sustentáveis nos pequenos negócios. “O Sebrae, como sexta marca mais forte do país, é parceiro do governo do Mato Grosso na construção deste trabalho de transformar o estado em uma referência no turismo ambiental. O Sebrae em Mato Grosso já vem desenvolvendo um trabalho em torno da sustentabilidade e inovação”, ressaltou Décio Lima.

O Centro Sebrae de Sustentabilidade possui um prédio modelo, responsável pela própria gestão dos resíduos sólidos e que demonstra que essa prática é possível em qualquer negócio que preze pela sustentabilidade. “O turismo ambiental aliado ao conceito da sustentabilidade e da inovação vai gerar mais oportunidades e empregos no estado”, acrescentou o presidente do Sebrae.

Hoje, Mato Grosso possui quase 400 mil pequenos negócios, que representam 93% das empresas do estado. Ao todo, 48% desses negócios estão no setor de Serviços. O trabalho do Sebrae com o governo do Mato Grosso inclui impulsionar o turismo, mas também buscar parcerias junto ao governo federal que permitam melhorar a infraestrutura local, que já está em curso pelo governo do estado. “Precisamos mostrar para o mundo as nossas belezas naturais”, frisou o governador Mauro Mendes.

]]>
pg-nmga – pg-nmgahttps://www.bkindex.com/cultura-empreendedora/sebrae-pelo-brasil-apresenta-resultados-do-tocantins-turismo/Tue, 20 Feb 2024 18:00:24 +0000https://www.bkindex.com/?p=20374O Sebrae Pelo Brasil tem agenda no Tocantins, nesta quinta-feira (22), que será o 15º estado a receber o projeto que evidencia as potencialidades das regiões brasileiras. O presidente do Sebrae, Décio Lima, cumpre compromissos na capital, Palmas, em conjunto com a Diretoria do Sebrae no Tocantins.

Pelo menos três projetos vão ganhar destaque durante a agenda de trabalho. O Tocantins + Turismo, que alcança 600 empreendedores diretamente e mais de mil indiretamente; o projeto de inclusão produtiva – Força Mulher, que promove a inclusão produtiva de mulheres; e ações em torno dos pequenos produtores da agricultura e de leite.

Os pequenos negócios em Tocantins foram responsáveis pela geração de 70% dos empregos no estado. Para o presidente Décio Lima, o ano de 2024 será de colher os resultados. “O bom momento econômico do país, o controle da inflação e a geração de emprego se consolidam para trazer de volta o desenvolvimento de que precisamos, com inclusão e geração de renda”, afirma.

Serviço:
Sebrae Pelo Brasil – Tocantins
Data: 22/02/24, quinta-feira
Horário: 15h (conversa com jornalistas)
Local: Pote de Ouro, Chácara Barriguda s/n , distrito de Taquaruçu.

]]>
pg-nmga – pg-nmgahttps://www.bkindex.com/cultura-empreendedora/pequenos-negocios-liderados-por-mulheres-podem-receber-mentoria-sobre-exportacao/Tue, 20 Feb 2024 12:38:55 +0000https://www.bkindex.com/?p=20369Empresas lideradas por mulheres interessadas em vender seus produtos para outros países têm até esta sexta-feira (23) para se inscrever no Programa Elas Exportam, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) e da ApexBrasil, que tem a parceria do Sebrae. A iniciativa oferece mentorias que buscam aumentar a participação delas no comércio exterior. O edital é voltado para os setores de higiene pessoal, perfumaria, cosméticos, vestuário e têxtil. De acordo com dados da Pasta, em 2023, apenas 14% das empresas exportadoras brasileiras tinham preponderância feminina em seus quadros societários.

Inscreva-seaqui.

No total, 30 empresas serão selecionadas. Para participar é necessário ser proprietária, fundadora ou ocupar cargo de liderança em empresa que tenha produto ou serviço com potencial de exportação; e ter Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) ativo. Os encontros das participantes ocorrerão ao longo do primeiro semestre de 2024.

A ação pretende auxiliar no desenvolvimento de competências e habilidades técnicas e socioemocionais necessárias à atividade exportadora com palestras, workshops e a formação de duplas de mentoras que já passaram pelo processo de exportação e que desejam compartilhar a experiência. A seleção também será feita por meio do mesmo edital (clique aqui).

“Exportar, muitas vezes, é um mistério para o empreendedor, que não sabe como começar, acha que tudo vai ser muito difícil. Então, ter ali ao lado dessas empreendedoras uma mentora que já passou por isso é uma forma ajudá-las a encontrar o caminho. É um processo no qual a mentora e a mentorada se fortalecem”, comentou a coordenadora de Competitividade do Sebrae Nacional, Roberta Aviz. Somente em 2023, o Sebrae atendeu 6,5 mil empresas com soluções para estímulo à internacionalização.

A secretária de Comércio Exterior do MDIC, Tatiana Prazeres, destaca o compromisso do governo federal com a promoção da equidade de gênero e as expectativas com a nova edição do Elas Exportam. “Diante do diagnóstico que revelou a baixa participação das mulheres no comércio exterior, assumimos a responsabilidade de criar políticas públicas para reverter esse cenário. A primeira edição do Elas Exportam nos mostrou a alta demanda por iniciativas concretas nessa área. Estamos entusiasmados com a evolução do programa, agora com um foco setorial, e esperamos que o Elas Exportam contribua para incluir cada vez mais mulheres no comércio exterior”, afirmou.

]]>
pg-nmga – pg-nmgahttps://www.bkindex.com/economia-e-politica/prazo-de-adesao-ao-simples-nacional-nao-foi-prorrogado-pela-receita-federal/Mon, 19 Feb 2024 21:10:33 +0000https://www.bkindex.com/?p=20366O prazo final para pedidos de enquadramento ao Simples Nacional encerrou-se no dia 31 de janeiro e não foi prorrogado, conforme noticiado nacionalmente. O Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte (MEMP), que buscava a ampliação do prazo final, não conseguiu reunir o Conselho de Gestão do Simples Nacional (CGSIM) em tempo hábil para deliberar e aprovar a alteração da data oficial, prevista na Lei Complementar nº 123/2006.

As Agências de Atendimento e a Central de Relacionamento do Sebrae estão à disposição dos empresários de microempresas e microempreendedores individuais (MEI) para dirimir quaisquer dúvidas relacionadas ao desenquadramento do regime tributário, o Simples Nacional. O regime unifica o recolhimento de impostos federais, estaduais e municipais em uma única guia e apresenta alíquotas reduzidas e faixas de faturamento para cada categoria de empresa, com o objetivo de facilitar o cumprimento de obrigações fiscais e reduzir a carga tributária.

Para o MEI, a regularização dos débitos é crucial para evitar a exclusão do Simei. A não regularização resulta na exclusão a partir de 1º de janeiro de 2024, sendo necessário aguardar até o ano seguinte para retornar ao sistema. A partir de 2025, caso a empresa não tenha regularizado sua situação, terá uma nova oportunidade para solicitar o enquadramento no Simples Nacional, contanto que regularize suas pendências financeiras. Microempreendedores individuais que foram excluídos do Simples Nacional tinham, até o dia 31 de janeiro, o direito de contestar essa exclusão pela internet, através do Portal e-CAC da Receita Federal.

Desenrola PJ

Representantes de entidades como Comicro e Conampe, integrantes do Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte têm trabalhado em conjunto com o Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e Empresas de Pequeno Porte (MEMP), liderado pelo ministro Márcio França, a fim de desenvolver um programa de suporte à regularização financeira da microempresa e do MEI, conhecido como “Desenrola PJ”. Além disso, as entidades estão envolvidas na solicitação de linhas de crédito mais acessíveis como parte essencial das políticas públicas de apoio à sobrevivência e atuação desses empreendimentos no mercado. O “Desenrola PJ” é aguardado com expectativa e deve ser anunciado brevemente.

]]>
pg-nmga – pg-nmgahttps://www.bkindex.com/cultura-empreendedora/ultima-chamada-edital-do-sebrae-seleciona-ate-dia-21-projetos-de-eventos-que-promovam-o-empreendedorismo/Mon, 19 Feb 2024 20:49:08 +0000https://www.bkindex.com/?p=20361Termina nesta quarta-feira (21), às 15h, o prazo para que empresas, associações e projetos que promovam a cultura do empreendedorismo solicitem patrocínio ao Sebrae. Para participar, é necessário que iniciativa seja realizada entre abril e dezembro deste ano e faça conexão entre os pequenos negócios e ações de sustentabilidade, inovação, inclusão e competitividade.

“O Sebrae lançou este edital para patrocinar e agregar a sua marca a projetos que envolvam os pequenos negócios. Estamos dando transparência ao processo de apoio a patrocínios e, ao mesmo tempo, permitindo ampliar eventos que disseminem conceitos voltados à inclusão, à sustentabilidade e à inovação por meio do empreendedorismo. Este é o nosso papel”, comenta o presidente do Sebrae, Décio Lima.

Feiras, exposições, mostra de produtos, congressos, conferências, fóruns, seminários, workshops e rodadas de negócios são alguns dos tipos de projetos que podem se inscrever. Os eventos podem ser em formato presencial, híbrido ou virtual e devem ter pelo menos mais um patrocínio. A divulgação das iniciativas selecionadas ocorrerá em 29 de março.

Na inscrição, os projetos devem apresentar proposta de contrapartidas que promovam visibilidade de marca e institucional para o Sebrae (exposição da marca do Sebrae nas redes sociais e site do projeto, oferta de estande, espaço para palestras etc.). Para avaliação, o Sebrae levará em conta o número de participantes, público, abrangência territorial, relevância institucional, aderência técnica, contrapartidas e avaliação anterior.

O edital e lista de documentos necessários para se inscrever estão disponíveis aqui. Finalizada a realização do evento será necessário apresentar uma prestação de contas, que será disponibilizada no Portal da Transparência do Sebrae.

]]>
pg-nmga – pg-nmgahttps://www.bkindex.com/economia-e-politica/e-amanha-empreendedores-tem-ate-dia-20-para-pagar-o-das-sem-multas-e-juros/Mon, 19 Feb 2024 18:52:00 +0000https://www.bkindex.com/?p=20356Vence amanhã (20) o prazo para quitação sem multas e juros do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS). Todo mês, o empresário de pequeno negócio precisa ficar atento para pagar o boleto até o dia 20 e evitar irregularidades com a Receita Federal. Para o Microempreendedor Individual (MEI) – além de garantias à família, como pensão por morte e auxílio-reclusão –, o pagamento em dia garante o acesso aos benefícios da Previdência Social, como aposentadoria, salário-maternidade e auxílio-doença.

A cobrança para o MEI é feita mensalmente, com valor fixo, de acordo com a atividade exercida. Todo MEI formalizado tem a obrigação de pagar a DAS-MEI, mesmo que não esteja em atividade. A DAS-MEI é a única obrigação financeira que o MEI tem. Em uma única guia, estão contemplados o INSS, o ICMS e o ISS. Desde janeiro, a guia segue o valor do novo salário-mínimo: R$ 1.412. ara o MEI em geral, a cobrança varia de R$ 70,6 a R$ 76,6. Para o MEI Caminhoneiro, é de R$ 169,44 a R$ 175,44, a depender do tipo de produto transportado e local do destino.

Para emitir o boleto, o MEI deve fazer o login com CPF e senha no portal do Sebrae e acessar o ambiente personalizado “Meu Mural”, onde estará disponível a emissão do boleto ou código para pagamento on-line, bem como a consulta ao histórico de pagamentos da contribuição.

Caso o usuário não possua o CNPJ MEI vinculado à sua conta Sebrae, basta inserir o dado no campo “CNPJ” para emiti-lo. Para o usuário que possui o CNPJ MEI vinculado ao cadastro, basta acessar as abas de contribuição, pois o campo “CNPJ” aparece preenchido automaticamente. Em “Ver boletos pagos”, é possível consultar o histórico de pagamentos.

Outra opção é utilizar o APP Meu Sebrae, disponível para dispositivos iOS ou Android. Após criar conta e cadastrar a empresa, é possível emitir o boleto por meio do menu “Serviços MEI”, opção “Pagamento de contribuição mensal”.

Outros portes

O valor do DAS não é fixo para as microempresas e empresas de pequeno porte optantes do Simples Nacional, dependendo do faturamento da empresa no mês anterior e do anexo e da faixa que o empreendimento se encaixa dentro do regime de tributação. Caso a empresa não tenha tido qualquer movimentação dentro do mês, não é preciso emitir o DAS, pois não há imposto a ser pago

]]>
pg-nmga – pg-nmgahttps://www.bkindex.com/inovacao-e-tecnologia/saiba-como-ferramentas-digitais-facilitam-o-relacionamento-com-o-cliente/Mon, 19 Feb 2024 11:15:15 +0000https://www.bkindex.com/?p=20334O uso de ferramentas digitais tem transformado a interação entre as empresas e os clientes. Com o desenvolvimento cada vez mais acelerado de novas tecnologias, os donos de pequenos negócios têm conseguido se aproximar muito mais dos seus consumidores, a partir de um atendimento mais personalizado e a construção de relacionamentos mais duradouros.

O coordenador de Mercados e Transformação Digital do Sebrae, Ivan Tonet, destaca que a utilização de ferramentais digitais permite que a empresa esteja 24h por dia, ao longo de sete dias da semana, à disposição do cliente. Segundo ele, são recursos que também dão mais agilidade no atendimento.

Seja por meio de um canal digital, site próprio oumarketplace, onde são vendidos os produtos ou serviços, ou via recursos de automação do atendimento, com uso de tecnologias que conseguem tirar dúvidas dos clientes, com respostas automáticas, a qualquer momento do dia.

Ivan Tonet, coordenador de Mercados e Transformação Digital do Sebrae.

Ele acrescenta que o avanço da inteligência artificial possibilita ao empreendedor oferecer um atendimento mais personalizado, ao conhecer os padrões de compra do seu cliente, criando uma experiência diferenciada durante a jornada de compra. “A personalização facilita bastante para que o cliente se reconheça naquele atendimento que ele está recebendo”, afirma Tonet.

Proximidade com o cliente

Em Luziânia, cidade goiana a 60 km de Brasília, a empresária Carla Rapachi comanda a Caitbrands, pequeno negócio do ramo da moda que existe há quase 6 anos. Com atenção e cuidado, ela prepara pequenas malas com peças e acessórios selecionados para satisfazer as necessidades das clientes, proporcionando uma experiência exclusiva.

Com apoio de um motoboy, Carla envia as malas para a casa das clientes e, para suprir a falta do contato físico, ela dedica mais tempo nas interações via aplicativos de mensagens. Além disso, alimenta um sistema de gestão de estoque com informações valiosas sobre as clientes.

“O relacionamento faz toda a diferença. Quando vou comprar as peças, eu mando mensagem, vídeos mostrando para elas. Quando chega uma peça nova, eu já ligo para aquela cliente que eu sei que vai gostar. As pessoas gostam de se sentir lembradas, mimadas”, afirma.

Conheça abaixo dicas para melhorar o relacionamento com os clientes:

  1. Personalização e Segmentação
    Utilize ferramentas digitais para coletar dados sobre os clientes e oferecer mensagens personalizadas. Segmente seu público para direcionar mensagens específicas para diferentes grupos de clientes. Uma ferramenta digital que permite o conhecimento e reconhecimento do cliente é o software CRM – sigla que significa Customer Relationship Management, ou gerenciamento do relacionamento com o cliente. Ele permite que o empresário possa traçar estratégias de vendas a partir do perfil, características e grupos de clientes.
  2. Automação de atendimento e marketing
    Implemente ferramentas de automação de marketing para enviar mensagens personalizadas, automatizar campanhas e nutrirleads. Utilize recursos para oferecer descontos personalizados, promoções especiais e lembretes de compras. Um exemplo é o uso de chatbots que simulam conversas humanas, via chat ou mensagem, são muito utilizados para automatizar tarefas de atendimento ao cliente, permitindo tirar dúvidas e enviar orientações em qualquer hora do dia.
  3. Presença on-line eficaz
    Desenvolva umsite responsivo e fácil de navegar, proporcionando informações claras sobre produtos, serviços e formas de contato. Esteja presente nas redes sociais relevantes para o seu público-alvo, mantendo uma comunicação ativa e engajadora. As próprias redes sociais e o Google oferecem ferramentas – chamadas analytics – incluídas nas versões para empresas, onde é possível coletar dados muito úteis sobre acessos e interações com sites e perfis.
  4. Canais de Comunicação Multicanal
    Utilize diferentes canais de comunicação, como e-mail, redes sociais, chat on-line e telefone, para estar acessível aos clientes onde quer que estejam. Integre esses canais para garantir uma comunicação consistente e eficiente. No mercado existem muitas ferramentas digitais que possibilitam que a empresa faça essa integração.

Esta matéria faz parte de uma série de reportagens da pg-nmga com foco no atendimento ao cliente.

]]>
pg-nmga – pg-nmgahttps://www.bkindex.com/economia-e-politica/ano-novo-otimismo-em-alta-empresarios-estao-mais-confiantes-em-2024/Fri, 16 Feb 2024 12:09:12 +0000https://www.bkindex.com/?p=20350O novo ano trouxe mais otimismo para os donos de pequenos negócios no Brasil. É o que aponta a Sondagem das Micro e Pequenas Empresas, realizada pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV), responsável por calcular o Índice de Confiança das Micros e Pequenas Empresas (IC-MPE). Em janeiro, o IC-MPE subiu 1,5 ponto, chegando a 94 pontos e registrando a melhor pontuação desde outubro de 2022. A alta foi puxada pelos setores de Comércio e Serviços.

O levantamento mostra que o avanço foi resultado das percepções dos empresários com relação ao momento atual somadas às expectativas de curto prazo. “Podemos atribuir a alta da confiança no começo do ano aos setores do Comércio e de Serviços, principalmente pelas expectativas de curto prazo”, ressalta o presidente do Sebrae, Décio Lima.

A confiança é o excelente resultado alcançado em 2023. O ano foi de inflação controlada, de alta no PIB e de geração de empregos. E os pequenos negócios foram os principais geradores de emprego no país. Temos pela frente o Desenrola para empresas e a Reforma Tributária, além dos juros que precisam baixar.
Décio Lima, presidente do Sebrae Nacional.

Comércio

No Comércio, a melhoria da confiança foi motivada pela alta da demanda atual. A expectativa dos comerciantes cresceu e é positiva para os próximos seis meses. Temas como crédito, volume de compras atual e tendências dos negócios contribuíram positivamente para os dados finais. De acordo com o estudo, a proporção de empresas do Comércio que consideram que está fácil obter crédito cresceu em relação ao último mês. Em janeiro de 2024, o Índice Confiança das Micro e Pequenas Empresas do Setor Comércio (MPE-Comércio) avançou 2,9 pontos, para 90,6 pontos, também alcançando o maior nível desde outubro de 2022. O otimismo foi sentido exclusivamente no varejo restrito.

Serviços

A confiança das micro e pequenas empresas de Serviços registrou um resultado favorável em janeiro, subindo 3,3 pontos, batendo os 94,3 pontos, maior nível desde outubro de 2022 (96,1 pontos). As expectativas do setor para os próximos seis meses e o quesito volume de demanda para os próximos três meses responderam pela melhora no índice – com predominância dos temas tendências de negócios, demanda prevista e faturamento previsto. Nesse sentido, a proporção de empresas de Serviços que consideram que está fácil obter crédito cresceu em janeiro de 2024. Todos os segmentos pesquisados avançaram, com destaque para outros (serviços) e o de serviços de transporte, que pode ter sido influenciado pela possibilidade de uma nova safra recorde no agronegócio este ano.

Indústria da Transformação

A confiança das pequenas indústrias cedeu 1,4 ponto, descendo para 95,1 pontos e dando continuidade à desaceleração observada em dezembro passado. Entre as razões para a redução no índice estão a estabilização dos estoques e crédito.

]]>
pg-nmga Mapa do site

1234