pg-nmga
Compartilhe

Conferência Anprotec inicia trabalhos em Salvador com debates sobre ciência, tecnologia e inovação

Programação do evento conta com a realização do Fórum Sebrae de Inovação nesta terça-feira (6)
PorDa Redação
pg-nmga
Compartilhe

Foi aberta, oficialmente, na manhã desta segunda-feira (5), a 32ª Conferência da Anprotec, que será realizada até quarta-feira (7), no Centro de Convenções de Salvador. O evento tem como tema “200 anos de Independência: o cenário da C,T&I no Brasil” e é um grande encontro de ambientes de inovação que acontece anualmente para promover temas relacionados ao cenário de ciência, tecnologia e inovação.

Presidente do Sebrae, Carlos Melles, discursa durante a Conferência da Anprotec. Foto: Soraia Carvalho.

Presente na abertura do evento, o presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, destacou a importância de dar condições para qualquer tipo de empreendedorismo alçar voo. “Nós acreditamos na inovação. Acreditamos no sonho. O que o brasileiro tem de maior e melhor é o sonho de empreender, o que é comprovado pela pesquisa GEM, que mostra o Brasil sempre nas primeiras fileiras do empreendedorismo. E, nesse contexto, a inovação é um ponto fundamental”, avaliou.

O superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, afirmou que a inovação tem papel central nas soluções da instituição para os pequenos negócios. “Buscamos atuar, cada vez mais, para o fortalecimento dos ecossistemas de inovação em toda a Bahia, pois sabemos que há um mercado amplo para os pequenos negócios de base tecnológica. Ao mesmo tempo, trabalhamos a inovação enquanto um conceito que pode ser aplicado ao dia a dia dos negócios, impactando em resultados positivos na produtividade e na competividade”, afirmou.

O presidente da Anprotec, Francisco Sabóia, lembrou que o Brasil é um grande produtor de conhecimento científico, mas, por outro lado, está bem abaixo nos rankings de inovação e competitividade. “Essa contradição entre um país que produz conhecimento, mas não consegue converter em riqueza na ponta, na criação de novos negócios, deve ser solucionada por meio dos ambientes e mecanismos de inovação”, apontou.

Diretor de Inovação da Prefeitura de Salvador, Luís Gaban ressaltou que está na pauta da gestão municipal o investimento em projetos e eventos para o fortalecimento dos ambientes de inovação, tecnologia e empreendedorismo na capital. “Buscamos entender nossas vocações e fomentar a criatividade. Fazemos isso com a implementação de políticas de Estado e pensando no futuro”, disse.

O secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Joazeiro Pinho, representando o governo do Estado, acrescentou que é preciso também pensar na interiorização dos ecossistemas de inovação. “Essa é uma pauta importante, levando em conta um contexto em que profissionais da área de inovação e tecnologia estão cada vez mais atuando de forma remota”, afirmou.

Convênio

Assinatura de convênio de cooperação técnica e financeira durante a Conferência da Anprotec. Foto: Soraia Carvalho.

Durante a abertura do evento, foi assinado o acordo de cooperação técnica e financeira – Fampe/Inovacred entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, por meio da Finep – Financiadora de Estudos e Projetos, e o Sebrae. Serão R$ 160 milhões investidos para garantir recursos de R$ 1 bilhão com foco em inovação, permitindo a acesso a garantias, a partir do Fundo de Aval da Micro e Pequena Empresa – Fampe, e também orientações para acesso a crédito.

O ministro da Ciência Tecnologia e Inovação, Paulo Alvim, falou sobre o convênio assinado e destacou a importância de garantir o acesso a crédito orientado para as pequenas empresas de inovação. “Sabemos que um dos entraves para o crédito voltado à pequena empresa está na questão das garantias. O convênio por meio do Fampe vai garantir o acesso a essas garantias. É transformador garantir o acesso a crédito, com garantia incorporada, com orientação e com o trabalho técnico desenvolvido pelas equipes do Sebrae na ponta.”

Fórum

Na programação do evento, está a realização do Fórum Sebrae de Inovação, que acontece nesta terça-feira (6). O evento e endereça conteúdos estratégicos para o Sebrae, alinhados ao tema central do evento. O Fórum abordará o Futuro da agenda de C,T&I no país.

A conferência reúne representantes do governo; incubadoras; aceleradoras de empresas; startups; grandes empresas; parques tecnológicos; ICTI; universidades; gestores públicos; gestores, gerentes e diretores de inovação do Sistema Sebrae, além do público interessado na temática.

  • Adaptação
  • Anprotec
  • Carreira
  • Ciência
  • Desempenho
  • E-commerce
  • Estrutura
  • Futuro
  • Inteligência Artificial
  • Métodos ágeis
  • Mudanças
  • Mundo
  • Novo normal
  • Novos recursos
  • Recursos online
  • Redes sociais
  • Sustentabilidade
  • Tecnologia
  • Transformação digital
  • Vendas online