pg-nmgaAtualização
Compartilhe

Conheça as tendências e os desafios para empreender no setor de energia solar

Investir nas oportunidades da transição energética com a ajuda do Sebrae pode ser uma grande oportunidade para empreendedores
PorRedação
pg-nmgaAtualização
Compartilhe

O setor de energia solar está cada vez mais competitivo, com uma projeção de crescimento de 5,6% em 2023, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). São mais de 1 milhão de sistemas instalados, que já movimentaram cerca de R$ 125 bilhões em investimentos. Nesse contexto, os pequenos negócios que desejam se destacar no mercado precisam desenvolver diferenciais frente à concorrência, agregar soluções inovadoras e novos serviços ao cliente, como facilitação ao acesso a financiamento e redução do custo manutenção.

Dar uma atenção a mais ao pós-venda também é essencial para manter o cliente fidelizado no longo prazo e promovendo sua recomendação para novos consumidores. Um ponto de atenção para o empreendedor é que o mercado de energia possui muitas regulamentações, que variam de acordo com a região e podem ser complexas.

Os empreendedores precisam compreender a fundo essas questões, lidar com licenças, normas de conexão à rede e outras questões regulatórias para passar segurança a seus clientes, garantindo o cumprimento de seus contratos.
Taís Tessari, analista de Competitividade do Sebrae.

Mas de que forma o Sebrae atua para ajudar os empreendedores nesse desafio? Para o pequeno negócio que tem energia como um custo fixo ou variável, a instituição disponibiliza a Jornada Custo, Consumo e Geração, que auxilia o empresário na tomada de decisão sobre a gestão energética do negócio.

Além disso, o Sebrae conta com um Polo de aceleração de energias renováveis, que tem como objetivo gerar conhecimento, conexões e negócios para turbinar pequenos negócios que atuam ou queiram atuar no setor de energias renováveis.

Tendências

Um planejamento sólido, pesquisa de mercado e a busca por parcerias estratégicas podem ajudar na atuação voltada para o nicho de energia solar. Porém, acompanhar as tendências desse setor também é fundamental para o sucesso do negócio.

“Entre as principais tendências, podemos citar os sistemas de armazenamento de energia que estão cada vez mais acessíveis. Eles permitem o armazenamento de energia solar para uso durante a noite ou em dias nublados”, destaca Taís. A possibilidade de assinatura de energia solar também é considerada uma nova alternativa disseminada no mercado. “Para quem quer comprar energia limpa a preços competitivos, mas não quer, não pode investir ou não possui telhado para instalar sistema próprio de energia solar fotovoltaica, essa é uma grande possibilidade”, completa a analista.

Por fim, Taís também lembra que as opções de financiamento têm se tornado mais acessíveis e facilitam o investimento em geração própria. Em alguns casos, é possível até mesmo igualar o valor da parcela do financiamento com a economia mensal gerada na conta de luz pelo uso do sistema solar fotovoltaico.

Sebrae na Intersolar South America 2023

A transição energética é um dos temas prioritários e estratégicos do Sebrae. Nesse sentido, a instituição marcou presença na maior feira dedicada ao mercado de energia solar da América Latina, a Intersolar South America 2023.
Realizado em agosto, o evento recebeu, com apoio do Sebrae, um grupo de mais de 300 empresários dos estados de Amazonas, Distrito Federal, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Roraima. “Aproveitamos a ocasião da Intersolar e articulamos com os gestores Sebrae nesses sete estados, que aderiram voluntariamente à estratégia de criar uma agenda específica para as empresas atendidas pelo Sebrae”, explica Lorena Roosevelt, gerente do Polo Sebrae de Energias Renováveis.

A missão do Polo é gerar conteúdo, conexões e negócios para o setor para acelerar o acesso a mais conhecimento por parte dos pequenos negócios e da rede de atendimento Sebrae. “A feira traz sempre inovações e novidade no segmento solar. O Sebrae, com o seu papel de fomentar os pequenos negócios, leva esses empresários para dar oportunidade de acesso a novos mercados, fornecedores e distribuidores”, reforça a analista da Coordenação de Energias do Sebrae/RJ, Michelle Vaz de Mello.

  • Energia
  • energia solar
  • energias renováveis
  • Intersolar South America 2023