pg-nmgaAtualização
Compartilhe

Conheça os vencedores do Prêmio Nacional de Inovação 2023

Cerimônia de premiação aconteceu nesta terça-feira (23), em São Paulo, com a presença dos 56 finalistas, entre eles 10 pequenos negócios
PorRedação
pg-nmgaAtualização
Compartilhe

Os vencedores da 8ª edição do Prêmio Nacional de Inovação (PNI) foram anunciados na noite desta terça-feira (26) pelo Sebrae e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). A cerimônia de premiação reuniu os 56 finalistas no São Paulo Expo, na capital paulista. Entre eles, estão 10 pequenos negócios representantes de todas as cinco regiões do país, reconhecidos pelas melhores práticas em inovação nos setores do comércio, indústria e serviço.

Ao todo, a iniciativa avaliou a capacidade de inovação de 3.005 mil projetos inscritos de todos os estados brasileiros, número considerado um recorde desde 2017. Além do reconhecimento como referência de inovação no mercado, os vencedores do Prêmio receberão uma imersão nacional em ecossistema de inovação, um curso de educação executiva do Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAI) e um curso em Saúde e Segurança no Trabalho do Serviço Social da Indústria (SESI).

O presidente do Sebrae, Décio Lima, durante a premiação. Foto: Iano Andrade / CNI

“Nós não estamos aqui só premiando, estamos construindo aquilo que não tem mais volta, que é o mundo da inovação e da inteligência artificial. Nós sabemos do processo revolucionário que a humanidade vive, que a economia vive e que o sistema global vive. Este é um processo histórico, marcante, que modifica a economia do mundo e do nosso país”, disse o presidente do Sebrae, Décio Lima.

A inovação traz mais qualidade de vida para todos. Mas nós não podemos achar, de forma nenhuma, que vamos manter o equilíbrio do sistema global sem que a gente mantenha, também, o equilíbrio da vida e da renda do nosso povo. Este é um grande desafio para o Brasil, mas um desafio que nos coloca no campo do otimismo por todo o cenário que estamos presenciando neste momento.
Décio Lima, presidente do Sebrae Nacional.

Rafael Lucchesi, diretor de Educação e Tecnologia da CNI, fala na Abertura Prêmio Nacional de Inovação. Iano Andrade / CNI

O diretor de Educação e Tecnologia da CNI, Rafael Lucchesi, alertou que a inovação se tornou um propósito e um valor que permeia boa parte dos negócios, além de representar um compromisso com a criação de um futuro melhor. “O trabalho dos finalistas mostra que devemos traçar o caminho para o futuro com investimentos que fomentem a pesquisa, a ciência e a inovação. Só assim poderemos acompanhar e dar respostas adequadas às mudanças tecnológicas que estão transformando os modelos de produção e de consumo em todo o mundo”, afirmou.

Luciana Santos, ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação. Foto: Iano Andrade / CNI.

A ministra de Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos, destacou a importância da inovação para toda a economia. “Hoje estamos aqui para celebrar as soluções inovadoras desenvolvidas em diversas áreas. Mas todas com a perspectiva de elevar a produtividade da indústria brasileira e a competitividade da nossa economia. Desde que assumimos, iniciamos esforços com a perspectiva da reindustalização do Brasil. E a inovação é o elemento central da nova política industrial que estamos implementando”, assegurou.

Osvencedores

A grande vencedora da noite entre os pequenos negócios foi a Nanoscoping, de Santa Catarina. A empresa ganhou nas categorias Inovação em Produto e Destaque em Saúde e Segurança do Trabalho (SST).

A Nanoscoping (SC) foi a grande vencedora da noite. Foto: Iano Andrade / CNI.

Na categoria Gestão da Inovação, outro pequeno negócio vencedor foi a empresa Brintell, do Distrito Federal, que no ano passado também já havia sido finalista, mas que não tinha levado o prêmio. Na categoria Inovação em Processo, a vencedora foi a empresa Deep, de São Paulo. Pela inovação para sustentabilidade, outra categoria do PNI, a empresa vencedora foi a Solos, da Bahia.

Na edição deste ano, a novidade é a categoria denominada “Pesquisador Inovador”, voltada a reconhecer profissionais, homens e mulheres, que contribuem de forma muitas vezes decisiva para os processos inovativos nas empresas. A pesquisadora Letícia Mazzarino, da Nanoscoping, de Santa Catarina, levou o prêmio para casa.

Os ecossistemas de inovação que mais implementaram ações, iniciativas e redes de relacionamento que evidenciem seu fortalecimento nos últimos dois anos também foram reconhecidos no PNI. Nesse caso, são três vencedores nas modalidades pequeno, médio e grande portes, avaliadas de acordo com critérios definidos no regulamento.

Na modalidade pequeno porte, o ganhador foi o ecossistema de inovação Pro_Move, do Rio Grande do Sul. Já o Ecossistema de Empreendedorismo e Inovação Itajubá Hardtech, de Minas Gerais, foi o vencedor na modalidade de médio porte. Por fim, o Ecossistema de Inovação de Florianópolis, de Santa Catarina, consagrou-se como o vencedor na modalidade de grande porte.

Conheça os demais ganhadores:

Média Empresa

  • Categoria Gestão da Inovação: Akaer (SP).
  • Categoria Inovação de Produto: Tele (MG).
  • Categoria Inovação em Processo: Paranoá (SP).
  • Categoria Inovação para Sustentabilidade: Christal (SC).
  • Categoria Destaque SST : BMD BMD Têxteis (BA).


Grande empresa

  • Categoria Gestão da Inovação: Embraer (SP).
  • Categoria Inovação de Produto: Enel (SP).
  • Categoria Inovação em Processo: Suzano Papel e Celulose (BA).
  • Categoria Inovação para Sustentabilidade: Natura (SP).
  • Categoria Destaque em SST: IBM Brasil (SP).

-

Pesquisador Inovador

  • Médias Empresas: Pascoal Pagliuso (SP), da empresa Akaer (SP).
  • Grandes Empresas: Gustavo Tonoli (MG), da empresa Klabin (MG)

Sobre o Prêmio Nacional de Inovação

Consolidado como a principal iniciativa de reconhecimento e estímulo à prática de inovação no país, o PNI busca contribuir no processo de aprendizado e possibilitar troca de experiências, auxiliando na identificação de seus pontos fortes e oportunidades de melhorias em inovação e gestão da inovação.

O prêmio é uma iniciativa da Mobilização Empresarial pela Inovação, que contribui para a construção de um ecossistema de inovação sólido, em prol do aumento da produtividade, da competitividade da economia nacional e do bem-estar dos brasileiros.

  • Congresso Internacional de Inovação da Indústria
  • Prêmio Nacional de Inovação